capa
InstagramTwitterFacebook

anuncie

22/04/2018

directv

“Comecei a malhar e engordei! Agora vou comer tudo o que vier pela frente”!

coma emagreca 201712 (1)

Você está toda empolgada, se matriculou na academia, fez as marmitas da semana! Mas ao final de 15 dias percebe que apesar de todo o esforço, os ponteiros da balança ao invés de baixar, subiram!!

Por Cida Rocha

Isso aconteceu comigo quando comecei a treinar, por mais que eu comesse direitinho e fizesse meus exercícios meu peso não reduzia. Foi assim que descobri como a balança não tem importância nessa fase. A balança só me deixava frustrada.

A explicação é simples! Você pode estar ganhando músculos. A melhor decisão que você pode tomar agora é esquecer a balança. Nesse momento faça da fita métrica e do espelho o seus “best friend”, pois eles irão te mostrar o que a balança não te mostra. O que importa são as medidas e o que você visualiza no espelho. Perder medidas é mais significativo estéticamente do que os números na balança, você concorda? Se te deixar mais tranquila, pegue um caderninho e anote a cada 15 dias todas suas medidas. Mas não faça isso durante o período menstrual, você estar mais inchada e pensar que engordou.

Entenda que, a massa muscular pode pesar o mesmo peso que a gordura, porém o músculo ocupa menos espaço. Assim você verá que suas roupas estão mais folgadas e seu número está menor. Coisa boa, em?!

Veja nessa foto a diferença do tamanho das duas figuras, engraçado que tem o mesmo peso. Por isso não se preocupe com a balança e sim com a fita métrica, com o espelho e com a numeração de suas roupas.

coma emagreca 201712 (2)

Mas o que é massa magra e massa gorda? Vamos lá! As pessoas comentam que você emagreceu, você se enxerga mais fina no espelho, as roupas estão cada vez mais largas, mas o seu peso permanece igual ou está subindo. Se isso está acontecendo com você, não se preocupe! Provavelmente se você não diminuiu de peso na balança é bem provável que você esteja ganhando massa magra.

O que é massa magra? Entenda que, quanto maior sua massa magra, maior será sua queima de calorias. A massa magra é composta de músculos, órgãos vitais (coração, cérebro..), ossos e líquidos corporais. Já a massa gorda, em quantidades adequadas, ela tem como uma das funções, proteger nossos órgãos vitais, fornecer energia, transportar vitaminas (A,E,D,K),  colaborar na formação de hormônios entre outros. A gordura não é uma bruxa malvada, o seu excesso sim, podendo causar, diabetes, hipertensão, colesterol alto, hipertrigliceridemia entre outros.

Então definitivamente não fique triste e pare de repetir as velhas frases “comecei a malhar e engordei”. “Vou desistir e comer tudo o que vejo pela frente”. Isso definitivamente é uma desculpa que você está contando para você mesma.

Devido a diversos questionamentos, enfatizo aqui que, você poderá sentir mais fome quando começar a treinar. Isso é completamente normal. Algumas pessoas sentem, outras não. Cuidado! Pois você poderá chegar do treino e atacar a geladeira. Fazer exercícios pode aumentar o apetite, pois o organismo precisa de mais calorias para recuperar a musculatura após o todo o esforço físico. O que mostra a importância de fazer um acompanhamento nutricional e estar sempre de olho na composição do prato. Procure incluir fontes proteicas como carnes, peixes, frango e ovos em todas as refeições. A ingestão de proteínas é essencial para a recuperação e construção dos músculos. Passe a consumir carboidratos complexos como batata doce, aveia, pães confeccionados com farinhas de linhaça, amêndoas, farinha de coco e aveia, pois dão uma maior saciedade e evitam que o organismo use tecido muscular como fonte de energia.

De uma coisa você pode ter certeza, não adianta treinar todos os dias e ingerir mais calorias do que você gasta. O resultado será o aumento de peso, e especialmente de GORDURA. Não existe mágica! Para emagrecer de forma saudável é preciso casar a prática de exercícios físicos com uma alimentação equilibrada contendo, carboidratos bons, gorduras boas e proteínas nas proporções de acordo com o seu objetivo e estratégia usada pelo seu nutricionista. Lembrando que, o seu treino ou dieta devem estar adequados aos seus objetivos. Você não é igual a ninguém. Não compare sua alimentação, seu plano de treino e seu desempenho com o de outras pessoas. Procure orientação profissional.